no-show - image of medical equipment in the office of an ophthalmologist
PRORADIS

O que é no-show?

Anteriormente ao no-show

      Antes de discorrer sobre no-show, irei retratar nossa contemporaneidade. Nós nos encontramos em um contexto de prestação de serviço, onde inúmeras clínicas e laboratórios radiológicos prestam serviços similares umas das outras. Qualquer organização de saúde necessita de um diferencial frente à sua concorrência. Como o atendimento humanizado, uma das maneiras de se distinguir de seu competidor. Porém, esta prática influencia diretamente na gestão administrativa de qualquer estabelecimento de saúde, sendo ele público ou privado, e tem como princípio o agendamento de consultas ou exames. Afinal, o primeiro contato com o paciente, acontece neste momento. Entretanto, imagine que em algum dia, todos os procedimentos forem executados com eficiência, mas o paciente que deveria comparecer ao atendimento se ausenta, e não se justifica previamente. O que fazer?

Quando o no-show acontece

      É de notoriedade que ao ocorrerem agendamentos de exames nas organizações de saúde, em contrapartida,  a previsão de receita, é maior, indicando uma perspectiva saudável para o futuro da empresa. Porém, por vezes desenrola-se o pesadelo de todo gestor de clínica ou laboratório radiológico, o no-show. Este é um percalço que nunca será bem recebido por qualquer organização de saúde, entretanto, ele é recorrente, e gera problemas que refletem essencialmente na gestão administrativa, podendo em casos extremos, ocasionar uma grande redução da rentabilidade. Mas, e o que são os no-shows?

Detalhando o no-show

      Fundamentalmente, o no-show representa a ação onde um paciente agenda uma consulta, ou marca um exame, e não comparece ao devido local para realizar o procedimento, por algum motivo, seja ele justificado ou não. Isso acaba gerando um tremendo desconforto na gestão clínica, e também para os colaboradores, por conta deste compromisso marcado e não cumprido. Está prática afeta diretamente a receita, ocasionando baixa rentabilidade, por perder entrada de caixa, e ociosidade dos profissionais, que apresentam-se sem trabalho. Neste caso, se o não comparecimento do paciente fosse avisado antes, os funcionários poderiam encaixar outro cliente no lugar, ou realizar um novo agendamento, evitando maiores perdas.

Problemas com seus agendamentos de exame? Otimize seu tempo e de seus colaboradores, permita que os pacientes preencham seus dados antes mesmo da chegada na clínica! Conheça o  Web-Checkin, uma ferramenta prática que economiza seu tempo.

Causas do no-show

      Normalmente, as causas do no-show possuem razões distintas e cotidianas, então, citarei três delas apenas como referência de caso. O primeiro tópico de análise, é a impossibilidade de se ausentar do trabalho para realizar qualquer tipo de exame. O segundo, é a desistência de comparecimento da consulta. E por fim, o esquecimento dos próprios pacientes.

Impossibilidade de se ausentar do trabalho

      É evidente que existam modelos de gestões verticalizadas, que renunciam a ida de seu colaborador em período de trabalho, para cuidar de qualquer assunto pessoal, não podendo abandonar a sua jornada. Entretanto, não existe apenas um modelo de empresa no cenário atual, que a cada dia se atualiza e preza ainda mais para a gestão colaborativa. Porém, isto é assunto para outro artigo, voltemos a ausência no trabalho… Neste segundo exemplo apresentado, o funcionário, por vezes procura não se abster de seu comprometimento diário, para comparecer a uma consulta ou exame. Tendo em mente, que sua jornada de trabalho, é concomitante igual aos da clínica ou do consultório que realizará o procedimento, e assim é ocasionado o no-show.

Desistência de comparecimento

      Obviamente nenhum paciente faz pouco caso para a própria saúde, ao ponto de marcar o exame e não comparecer, somente pelo simples fato de não pretender ir. Nas ocasiões onde existem a desistência de comparecer ao procedimento por parte do paciente, geralmente é promovido por conta do grande tempo de espera para a realização de uma consulta ou algum tipo de exame. E nesta circunstância o paciente prefere ir embora ao ter que esperar por um procedimento que será realizado em um prazo de tempo demasiadamente longo, gerando o no-show.

Esquecimento por parte dos pacientes

      Claramente, este assunto é condizente com a displicência. Ninguém se dá ao trabalho de marcar alguma consulta ou exame e espontaneamente não comparecer. Aqui entra o fator do esquecimento, que da nome ao título deste tópico. Ou pelo fato de ter muitos compromissos, ou por conta do descaso com a busca da solução de seus problemas de saúde, achando que irá se curar com o tempo. Desta forma, os pacientes que marcaram para realizar seus procedimentos de saúde acabam não comparecendo, resultando no no-show.

      Dor de cabeça com pacientes que marcam os exames, não comparecem, e nem justificam? Automatize a forma de agendamento do seu exame! Envie links únicos de confirmação pelo WhatsApp da sua clínica, controle seus agendamentos de exames, e diminua o seu “no-show”.

      Os imprevistos são recorrentes nas organizações de saúde, porém, com base no assunto anterior, “Causas do no-show“, você deve estar preparado para enfrentá-los. É impreterível que o gestor saiba destas causas para poder preveni-las no futuro. Para evitar o no-show da sua clínica, laboratório, ou hospital, é importante que haja além de um atendimento humanizado, o emprego da tecnologia a seu favor. Hoje em dia, existem programas integrados a sistemas e a equipamentos, que são utilizados por gestores que priorizam a otimização dos processos e a automatizam os seus procedimentos. Agilidade e praticidade são as palavras que definem a resolução deste tópico. Abrangendo o conceito digital, ou seja, a adoção de um software capaz de lidar com sistemas de gestão para obter sistema informatizado, você consegue melhorar o agendamento de exames e consultas da sua organização, através da tecnologia.

Arthur Grimaldi

Arthur Grimaldi

Copywriter - Redator

Leia também...

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email